Buscar

Mudanças, segundo os Pretos Velhos


Mudar dói. Embora a maioria anseie por mudanças, quando elas estão para acontecer muitos sentem medo. Alguns chamam isso de zona de conforto. Mas querer conforto, previsibilidade na vida não é ruim, certo? Certo, todos queremos saber qual é o chão em que estamos pisando. Mas o fato é que sempre queremos mais.


Aquele senhorzinho ou senhorinha que adora sua casa, suas plantas, seus cachorros, gatos, enfim, sua vida tranquila e rotineira, saibam: eles não estão fazendo nada errado. Cada um traça e segue sua trajetória, percorre sua jornada. Num certo dia decide por si mesmo (ou pelas circunstâncias) aquilo que é melhor. E o melhor varia de pessoa para pessoa, é de cada um.


"Mas como viver assim, dia após dia, fazendo sempre a mesma coisa?", perguntarão os mais afoitos. Um Preto ou Preta Velha responderia com uma outra pergunta:


"E quem disse que na vida do senhorzinho ou da senhorinha não muda nada?" Boa pergunta meus irmãos e irmãs, boa e sábia pergunta.


A mudança é inerente a nós, ao mundo, ao próprio universo. O céu que vemos hoje não é o mesmo de ontem. As águas do mar, as areias das praias, por mais que pareçam iguais estão em constante movimento. A coisa mais inanimada do mundo, uma pedra ou rocha, por exemplo, levou milhões de anos para ter o atual formato. E segue mudando, se transformando pela ação do tempo e do vento.


A vida hoje nos pressiona dia e noite a fazer mais, querer mais, comprar mais. E quando respiramos por um momento, entre uma exigência e outra, sentimos que há alguma coisa errada "no ar".


Para que tanta correria? Por que não conseguimos saborear quase nada direito, do almoço a uma conquista no trabalho? A nota boa alcançada por um filho na escola? Por que perseguimos tanto essas tais mudanças se nem ao menos sabemos para onde elas irão nos levar?


Pergunte isso a si mesmo hoje. Leia de novo esse texto sempre que quiser. Talvez a principal mudança que devamos fazer seja no próprio conceito de mudar que temos introjetado em nossas mentes.


Concordam com isso mizifios e mizifias? Foto: Hannah Reding/Unsplash (Reprodução)

12 visualizações0 comentário